A FÁBRICA

Março 19 2005

Vencedor do prestigiado Edgar Allan Poe Award, para o melhor romance de estreia, David Liss cria, em A CONSPIRAÇÃO DE PAPEL, um romance histórico sobre o primeiro crash da bolsa no mundo, conhecido historicamente como a Bolha do Mar do Sul, ocorrido em 1720. Como personagem principal, um judeu português, detective, espadachim , que conheceu a fama através de lutas de boxe, num sub mundo que o conhecia como “O Leão de Judá”. Benjamin Weaver é um estranho na Londres do século XVIII: um judeu entre cristãos, um rufião entre aristocratas, um pugilista aposentado que, contratado pela nobreza de Londres, viaja pelo mundo do crime, perseguindo devedores e ladrões. Em A CONSPIRAÇÃO DE PAPEL, no entanto, Weaver investiga um crime do tipo mais pessoal: a morte de seu pai - um notório especulador da bolsa, de quem não tinha notícias há anos. Descendo ao sub mundo do crime londrino, Weaver ziguezagueia entre bordéis, cervejarias, prisões e casas de jogo, para descobrir uma conspiração que o ameaça não só a si, mas também à própria Inglaterra.
Para encontrar as respostas, Weaver tem de enfrentar uma prostituta desesperada, que sabe demais sobre o seu passado, parentes que lhe cobram a sua alienação da fé judaica e uma conspiração de poderosos homens do mundo das finanças britânicas. Com cérebro e muitos músculos, Weaver esbarra no início de uma nova ordem económica, baseada na especulação de acções - um meio de vida que traz grande risco aos investidores e perigo real e concreto para Weaver e sua família.
A CONSPIRAÇÃO DE PAPEL foi considerado pela crítica especializada, um dos melhores romances históricos do ano, bem como um retrato inteligente e divertido da origem dos mercados financeiros actuais. Escrito com cuidado erudito com a reconstituição de época, o livro faz de Benjamin Weaver um protagonista irresistível, que aposta seu conhecimento do nascente mercado de acções num novo tipo de trabalho detective.
David Liss nasceu em 1966 e cresceu no sul da Florida. É actualmente candidato a um doutorado no Departamento de Inglês da Universidade de Columbia, onde completa sua dissertação sobre como o romance de meados do século XVIII reflecte e modela o surgimento da ideia moderna de finanças pessoais. Publicou inúmeras teses sobre sua pesquisa e também escreveu sobre Henry James. Recebeu vários prémios por seu trabalho, inclusive a Bolsa do Presidente da Columbia, uma Bolsa de Pesquisa da A.W. Mellon e a Bolsa de Dissertação Whiting. Tem um diploma de master of Arts pela Universidade Estadual da Georgia e um diploma de Bachelor of Sciense da Univesidade de Syracuse. Liss mora em San António com a sua mulher e filha.
publicado por armando ésse às 10:18

mais sobre mim
Março 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
16
17
18

20
25



pesquisar
 
blogs SAPO