A FÁBRICA

Dezembro 02 2007

O internacional português Cristiano Ronaldo, jogador do Manchester United, foi hoje consagrado como o melhor futebolista da Europa em 2007, ao ficar em segundo lugar na “Bola de Ouro” do France Football, atrás do brasileiro Kaká.
Depois do diário italiano La Gazetta dello Sport já ter avançado a vitória do médio do AC Milan, a revista francesa confirmou-a oficialmente: Kaká somou 444 pontos, contra 277 de Cristiano Ronaldo, segundo, e 255 de Lionel Messi (FC Barcelona), terceiro.
Os três jogadores - Kaká conta 25 anos, Ronaldo 22 e Messi 20 - formam o mais jovem pódio de sempre do troféu, criado em 1956, sendo que o jogador do AC Milan é o quarto vencedor brasileiro, depois de Ronaldo (1997 e 2002), Rivaldo (1999) e Ronaldinho (2005).
Atrás de Kaká, Ronaldo e Messi, classificaram-se o costa-marfinense Didier Drogba (Chelsea), com 108 pontos, e o italiano Andrea Pirlo (AC Milan), com 41, num universo de 96 jornalistas, que votaram nos 50 futebolistas eleitos pela revista.
Cristiano Ronaldo, também candidato, juntamente com Kaká e Messi, ao título de melhor jogador do ano da FIFA, fica, em grande parte, a dever este título ao desaire no confronto directo com Kaká nas meias-finais da edição 2006/2007 da Liga dos Campeões.
O AC Milan superou os ingleses, com um desaire por 3-2 em Old Trafford, onde Kaká “bisou”, e uma vitória caseira por 3-0, com mais um tento do brasileiro, e sagrou-se, depois, campeão da Europa, ao vencer na final o Liverpool por 2-1 (“bis” Filippo Inzaghi).
“Somos muito semelhantes (eu e o Cristiano Ronaldo), mas a Liga dos Campeões é determinante neste. Ele perdeu pelo Manchester United e eu ganhei pelo AC Milan”, disse Kaká, deixando uma questão: “se tivesse sido ao contrário, para quem seria?”.
Cristiano Ronaldo falhou a “Champions”, mas foi o terceiro melhor marcador da edição 2006/2007 da Liga inglesa, com 18 tentos, levando o Manchester United ao título, e é, actualmente, um dos líderes dos goleadores da “Champions”, com cinco.
O “bronze” do argentino Leonel Messi é, igualmente, fácil de explicar, já que, e mesmo sem conquistar títulos, o jovem jogador catalão “fartou-se” de encantar, conseguindo mesmo um golo à “Maradona”, face ao Getafe, num embate da Taça do Rei de Espanha.
A “Bola de Ouro” já foi ganha por dois jogadores portugueses: Eusébio da Silva Ferreira venceu em 1965, numa altura em que o prémio só estava ao alcance dos jogadores europeus, e Figo em 2000.
Cristiano Ronaldo não vai conseguir, este ano, igualar a proeza, mas junta-se a outros internacionais lusos que já conquistaram o segundo lugar: Paulo Futre em 1987 e Deco em 2004, atrás de Ruud Gullit e Andrei Shevchenko, respectivamente.
No que respeita aos outros internacionais portugueses que figuram na lista dos 50 eleitos do “France Football”, o extremo portista Ricardo Quaresma e o médio Deco (FC Barcelona), nenhum deles recebeu qualquer voto, ficando no 36º lugar. © 2007 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
publicado por armando ésse às 10:42
Tags:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
22

23
24
25
26
29

30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO