A FÁBRICA

Janeiro 31 2006

O patrão da Microsoft está em Portugal para participar no “Government Leaders Forum”, organizado pela sua empresa e que Lisboa acolhe este ano - um fórum de discussão alargado a governantes de diferentes países europeus, para discutir práticas de governação e os contributos que as novas tecnologias podem dar nesse domínio.
Bill Gates vai falar, sobre o tema "os desafios da modernização administrativa", para uma audiência que, além de praticamente todo o Executivo, tem também a presença dos presidentes dos governos regionais, o presidente da Assembleia da República ou o Procurador-geral da República.
Antes da conferência, o Presidente da República, Jorge Sampaio, reúne-se com Bill Gates e condecora-o pelo seu papel no combate à pobreza e às doenças no mundo, nomeadamente em Moçambique e Angola.
Bill Gates será agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique «pelo seu esforço e dedicação no combate à pobreza e às doenças no Mundo, especialmente em África e nos países de língua oficial portuguesa», de acordo com uma nota oficial da Casa Civil do Presidente da República. Com LUSA.
William Henry Gates III, ou Bill Gates o homem mais rico do Mundo, nasceu em 28 de Outubro de 1955 numa família de posses, o seu pai, William H. Gates II, era advogado de grandes empresas e sua mãe, Mary Gates, era professora e membro do conselho da Universidade de Washington e presidente da United Way International. Cresceu em Seattle, ao lado das suas duas irmãs.Bill Gates, e as suas duas irmãs, sempre frequentaram as melhores escolas da sua cidade natal. Sempre gostou de ciências, sobretudo de computadores, e, aos 13 anos, já tinha desenvolvido o seu primeiro software.
Em 1973, Bill Gates entrou para a Universidade de Harvard, onde conheceu Paul Allen (co-fundador da Microsoft) e Steve Ballmer (actual presidente da Microsoft). Em Harvard, Gates desenvolveu uma versão da linguagem de programação BASIC para o primeiro microcomputador pessoal, o MITS Altair 8000, produzido no mesmo ano. O sucesso na comercialização daquele produto e a convicção de que, no futuro, o computador seria uma ferramenta de trabalho preciosa levaram, aos 19 anos, Bill Gates a abandonar o curso de economia e em conjunto com Paul Allen, a criarem a empresa Microsoft.
Guiado pela certeza de que o computador viria a tornar-se uma importante ferramenta em todo o mundo, começou a desenvolver softwares para computadores pessoais.
Em 1980 a empresa deu um passo decisivo ao adquirir da Seattle Computer Products o sistema operativo QDOS, vendido logo a seguir para a IBM, que preparava-se para lançar no mercado o primeiro PC . No contrato com a IBM, a Microsoft cedeu o MS-DOS e o Basic sem restrição para o número de microcomputadores IBM onde os programas seriam instalados. Não ganhou muito dinheiro no início.
Bill Gates, no entanto, deteve os direitos de autor sobre o software e pôde cobrá-los de todos os clones que surgiram nos anos seguintes e iniciar a construção do seu império.
Após 25 anos, a Microsoft detém o monopólio virtual do mercado, com 90% dos PC’s contendo os seus programas.
Actualmente a Microsoft emprega cerca de 60 mil funcionários em todo mundo e têm um valor de mercado de 216 mil milhões de Dólares, sendo a companhia mais rica e poderosa da actualidade. Gates casou-se a 1 de Janeiro de 1994.
O casal tem três filhos. Entre os prazeres pessoais do fundador da Microsoft, estão a leitura, o golf e o bridge. Bill Gates, também está ligado à filantropia.
Criou com a mulher em 1999, a Fundação Bill & Melinda Gates, à qual doou 27 mil milhões de dólares para providenciar apoio financeiro para iniciativas nas áreas de saúde e educação. A Fundação já doou 3,2 mil milhões dólares para programas globais de saúde e mais que 2 mil milhões dólares para programas de aprendizagem.
O casal Gates lidera o ranking de filantropia divulgado pela revista americana Business Week, um exemplo do empenho do ser humano em formar um mundo em que os que têm ajudam os que não têm, um exemplo de altruísmo, transferindo as oportunidades que ele tinha para outros, através de iniciativas humanitárias.
Recentemente a prestigiada revista "Time", elegeu o casal Melinda & Bill Gates, juntamente com o cantor Bono, as personalidades do ano em 2005.
publicado por armando ésse às 08:44
Tags:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
20
21

24
25

29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO