A FÁBRICA

Outubro 12 2007

O ex. Vice-presidente dos Estados Unidos e activista internacional pelo combate ao aquecimento global Al Gore e o Painel Intergovernamental para as Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês) da Organização das Nações Unidas, foram hoje laureados com o Prémio Nobel da Paz de 2007.
O Comité do Nobel da Paz explica que foi atribuído aos vencedores o Nobel da Paz pelo seu “esforço na acumulação e disseminação de um maior conhecimento sobre a influência humana nas mudanças climáticas, e pelo lançamento das bases necessárias para combater essas mudanças”.
Albert Arnold Gore Jr., nasceu a 31 de Março de 1948, em Washington, DC, foi vice-presidente dos Estados Unidos da América durante a presidência de Bill Clinton e candidato presidencial democrata derrotado pelo presidente George W. Bush em 2000.
Apesar de sempre se ter preocupado com o meio ambiente, foi após a sua derrota eleitoral, que Al Gore se transformou num proeminente activista internacional contra os efeitos das mudanças climáticas, em particular graças ao filme "Uma Verdade Inconveninete", vencedor de um Óscar, melhor documentário, este ano.
O IPCC, um painel da ONU que reúne cerca de 3 mil cientistas e especialistas de várias áreas, é tido como a principal autoridade científica sobre aquecimento global e o seu impacto no mundo.
O prémio, constituído por um diploma, uma medalha de ouro e um cheque no valor de 1,08 milhões euros será entregue, juntamente com os outros galardões no dia 10 de Dezembro.
publicado por armando ésse às 09:37

Outubro 12 2007

O ex. Vice-presidente dos Estados Unidos e activista internacional pelo combate ao aquecimento global Al Gore e o Painel Intergovernamental para as Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês) da Organização das Nações Unidas, foram hoje laureados com o Prémio Nobel da Paz de 2007.
O Comité do Nobel da Paz explica que foi atribuído aos vencedores o Nobel da Paz pelo seu “esforço na acumulação e disseminação de um maior conhecimento sobre a influência humana nas mudanças climáticas, e pelo lançamento das bases necessárias para combater essas mudanças”.
Albert Arnold Gore Jr., nasceu a 31 de Março de 1948, em Washington, DC, foi vice-presidente dos Estados Unidos da América durante a presidência de Bill Clinton e candidato presidencial democrata derrotado pelo presidente George W. Bush em 2000.
Apesar de sempre se ter preocupado com o meio ambiente, foi após a sua derrota eleitoral, que Al Gore se transformou num proeminente activista internacional contra os efeitos das mudanças climáticas, em particular graças ao filme "Uma Verdade Inconveninete", vencedor de um Óscar, melhor documentário, este ano.
O IPCC, um painel da ONU que reúne cerca de 3 mil cientistas e especialistas de várias áreas, é tido como a principal autoridade científica sobre aquecimento global e o seu impacto no mundo.
O prémio, constituído por um diploma, uma medalha de ouro e um cheque no valor de 1,08 milhões euros será entregue, juntamente com os outros galardões no dia 10 de Dezembro.
publicado por armando ésse às 09:37

mais sobre mim
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO