A FÁBRICA

Agosto 24 2008




Zai Jain, Beijing 2008.
"Com estes Jogos, o mundo conheceu melhor a China e a China conheceu melhor o mundo... estes foram verdadeiramente uns Jogos excepcionais... nasceram novas estrelas. As estrelas dos Jogos Olímpicos anteriores impressionaram-nos outra vez. Partilhamos as suas alegrias e lágrimas e admiramos suas habilidades. E lembraremos, por muito tempo, as façanhas que testemunhamos aqui", Jacques Rogge, presidente do COI.
publicado por armando ésse às 16:05

Agosto 24 2008




Zai Jain, Beijing 2008.
"Com estes Jogos, o mundo conheceu melhor a China e a China conheceu melhor o mundo... estes foram verdadeiramente uns Jogos excepcionais... nasceram novas estrelas. As estrelas dos Jogos Olímpicos anteriores impressionaram-nos outra vez. Partilhamos as suas alegrias e lágrimas e admiramos suas habilidades. E lembraremos, por muito tempo, as façanhas que testemunhamos aqui", Jacques Rogge, presidente do COI.
publicado por armando ésse às 16:05

Agosto 24 2008

Deus do Fogo - A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim no dia 08.08.08 às 8 horas, 8 minutos e 8 segundos.
Deusa do Ar - A russa Yelena Isinbayeva, bicampeã olímpica, estabeleceu o recorde olímpico e mundial com os estratosféricos 5m05, batendo o seu recorde mundial pela décima segunda vez consecutiva e a vigésima quarta vez na sua carreira.
Deus da Água - O norte-americano Michael Phelps vencedor das provas d0s 400m estilos (4m03,84s), os 4x100m livres (3m08,24s), os 200m livres (1m42,96s), os 200m mariposa (1m52,03s), os 4x200m livres (6m58,56s) e os 200m estilos (1m54,23s) e os 4x100 metros estilos (3m29,34s) todas estas vitórias com recordes mundiais, e os 100m mariposa (50,58s), com recorde olímpico.
Oito medalhas de ouro numa única edição dos Jogos Olímpicos.
Deus da Terra - O jamaicano Usain Bolt, triplo campeão olímpico e triplo recordista mundial. Os seus recordes estabelecem a barreira entre o humano e o sobrenatural. Fez os 100m no tempo de 9s69, os 200m em 19s30 e na estafeta 4x100m ajudou a Jamaica a fixar o cronómetro nos 37s10.
publicado por armando ésse às 09:16

Agosto 24 2008

Deus do Fogo - A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim no dia 08.08.08 às 8 horas, 8 minutos e 8 segundos.
Deusa do Ar - A russa Yelena Isinbayeva, bicampeã olímpica, estabeleceu o recorde olímpico e mundial com os estratosféricos 5m05, batendo o seu recorde mundial pela décima segunda vez consecutiva e a vigésima quarta vez na sua carreira.
Deus da Água - O norte-americano Michael Phelps vencedor das provas d0s 400m estilos (4m03,84s), os 4x100m livres (3m08,24s), os 200m livres (1m42,96s), os 200m mariposa (1m52,03s), os 4x200m livres (6m58,56s) e os 200m estilos (1m54,23s) e os 4x100 metros estilos (3m29,34s) todas estas vitórias com recordes mundiais, e os 100m mariposa (50,58s), com recorde olímpico.
Oito medalhas de ouro numa única edição dos Jogos Olímpicos.
Deus da Terra - O jamaicano Usain Bolt, triplo campeão olímpico e triplo recordista mundial. Os seus recordes estabelecem a barreira entre o humano e o sobrenatural. Fez os 100m no tempo de 9s69, os 200m em 19s30 e na estafeta 4x100m ajudou a Jamaica a fixar o cronómetro nos 37s10.
publicado por armando ésse às 09:16

Agosto 24 2008

O velho recorde olímpico da maratona (2h09m21s) conquistado a 12 de Agosto de 1984 nos Jogos Olímpicos de Los Angeles por Carlos Lopes foi batido hoje pelo atleta queniano Samuel Kamau Wansiru, que fez os 42 quilómetros e 195 metros em 2h06m32s.
O tempo com que Carlos Lopes conquistou a primeira medalha de ouro para Portugal, já fora batido em diversas maratonas mais de quinhentas vezes, mas nunca ninguém tinha logrado fazer melhor tempo numa Olimpíada.
publicado por armando ésse às 08:40

Agosto 24 2008

O velho recorde olímpico da maratona (2h09m21s) conquistado a 12 de Agosto de 1984 nos Jogos Olímpicos de Los Angeles por Carlos Lopes foi batido hoje pelo atleta queniano Samuel Kamau Wansiru, que fez os 42 quilómetros e 195 metros em 2h06m32s.
O tempo com que Carlos Lopes conquistou a primeira medalha de ouro para Portugal, já fora batido em diversas maratonas mais de quinhentas vezes, mas nunca ninguém tinha logrado fazer melhor tempo numa Olimpíada.
publicado por armando ésse às 08:40

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11

19
20
21
22

26
27
28
30

31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO