A FÁBRICA

Janeiro 19 2006

A organização Human Rights Watch, baseada em Nova Iorque, diz que as políticas anti-terroristas das potências ocidentais estão a prejudicar a defesa dos direitos humanos no mundo.
No seu relatório anual divulgado ontem, a organização critica particularmente os Estados Unidos.
A Human Rights Watch diz que a política dos Estados Unidos tem sido: a de submeter suspeitos de terrorismo a tratamento cruel e degradante.

O estudo também descreve como “sem sentido” as tentativas do Reino Unido de obter garantias de que suspeitos de terrorismo não serão torturados se forem enviados para outros países.
Segundo a Human Rights Watch, a União Europeia com frequência respondeu de forma ineficaz à violações dos direitos humanos noutros países.
O presidente americano, George W. Bush, “continua a oferecer garantias enganadoras de que os Estados Unidos não torturam suspeitos, mas essas garantias soam vazias”, diz o relatório.
Como resultado da falta de credibilidade do país em assuntos de Direitos Humanos, os Estados Unidos deixaram “vazia a liderança mundial quando a questão é defender os direitos humanos”.
O relatório de 532 páginas diz que 2005 foi marcado por uma “tendência continuada a subordinar os Direitos Humanos a vários interesses políticos e económicos”.
Segundo a organização, o Reino Unido em especial ignorou abusos na Rússia e na Arábia Saudita para garantir contratos comerciais.

O estudo destaca ainda que a França e a Alemanha pressionaram a União Europeia para acabar com embargo de armas à China, apesar da falta de avanços no processo de punir os responsáveis pelo ataque a manifestantes na Praça de Tianenmen em 1989.
De acordo com a Human Rights Watch, existe uma “competição sem sentido” entre os líderes do Reino Unido, França e Alemanha de aprofundar as relações bi-laterias com a Rússia, apesar de o presidente da Rússia, Vladimir Putin, não ter o mínimo respeito pelos Direitos Humanos na Tchetchénia.

Link:hrw.
publicado por armando ésse às 10:19

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Janeiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
20
21

24
25

29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO