A FÁBRICA

Novembro 24 2005

Muralha defensiva contínua que se estende desde Gansu ocidental até ao golfo de Liaodong (2250 km). A muralha foi em tempos ainda mais longa.
Construída pela dinastia Qin, segundo as ordens Qin Shihuang, o Imperador que uniu a China a partir de 214 a.C. para evitar incursões dos turcos e dos mongóis, o seu período inicial de edificação durou dez anos. Nas dinastias Ming (1368-1644) e Qing (1644-1911) foram-lhe acrescentadas novas secções.
Esta muralha de terra e pedras com uma série de torres de vigia tem vindo a ser sujeita a uma cuidadosa manutenção. A sua altura varia entre um, três e oito metros e a sua largura varia entre os quatro e os seis metros.

Esta construção é a maior fortificação do planeta e está classificada como «Património Mundial», pela UNESCO.
Em finais de 2000, descobertas arqueológicas levaram a concluir que a Grande Muralha tem mais 500 quilómetros do que inicialmente se pensava. As últimas descobertas mostram que a Grande Muralha se estende até à Região Autónoma de Xinjiang, não acabando em Jiayu, na província de Gansu, como era aceite até agora.
Assim, em vez dos 6700 quilómetros de comprimento, o monumento chinês tem cerca de 7200 quilómetros, serpenteando por montes e vales desde o Mar Amarelo, na costa Norte da China, até à região desértica de Lop Nur, no coração da Ásia Central.
A secção agora descoberta foi construído com areia e ramos de árvores, e não em tijolo, como noutras regiões, mas a arquitectura e função eram idênticas às secções da Grande Muralha já conhecidas.
Segundo os arqueólogos, estes 500 quilómetros terão sido construídos por cerca de 600 mil trabalhadores durante a dinastia Han, que governou a China desde 206 AC até 220 DC, e tinham como objectivo proteger as caravanas de mercadores que circulavam pela «Rota da Seda», um trajecto histórico que ligava a China ao Império Romano através da Ásia Central. Muitos dos trabalhadores acabaram por ficar sepultados entre os muros de lascas de rocha, terra e paliçadas de madeira, que erguiam de mãos nuas ou apenas com a ajuda de ferramentas arcaicas. Apenas a parte oriental da muralha, que se estende do Pacífico até aos confins da Ásia Central, foi construída em tijolos.
publicado por armando ésse às 12:43

mais sobre mim
Novembro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

15
16
17
18
19

20
21
22
23
26

27


pesquisar
 
blogs SAPO