A FÁBRICA

Maio 23 2008

Os comunistas de São Petersburgo manifestaram-se indignados pela estreia na Rússia do filme de Steven Spielberg “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”, considerando que este visa “provocar uma onda de anti-sovietismo”.
Para os comunistas da segunda maior cidade russa, o filme tem por objectivo “criar na juventude moderna uma ideia deturpada da política externa soviética da URSS nos anos 50 do séc. XX”.
“Vincamos decididamente a nossa profunda indignação face à estreia na Rússia do filme provocação, resíduo da guerra-fria, pasquim nojento: o filme de Steven Spielberg, Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”, lê-se num comunicado distribuído à imprensa pelos comunistas.
Segundo os seguidores de Marx, Lenine e Estaline, “o filme apresenta, de forma caricatural e feia, as acções dos soldados soviéticos e dos nossos serviços secretos, que são cínica e cruelmente liquidados pelo super-herói americano Indiana Jones”.
“Semelhantes invencionices formam, na nova geração de russos, disposições decadentes, falta de confiança no poderio do seu país, adoração dos Estados Unidos”, acrescentam.
Os comunistas de São Petersburgo também manifestam perplexidade pelo facto de esse filme ter sido adquirido para exibição na Rússia. “Lançamos um apelo aos espectadores para assobiar o filme durante a estreia nas salas de cinema de São Petersburgo e enviar cartas de protesto aos fantoches do imperialismo: Harrison Ford e Cate Blanchett”, sublinham os marxistas-leninistas.(Lusa).
publicado por armando ésse às 09:14
Tags:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
16

22



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO