A FÁBRICA

Junho 30 2008
A Espanha tornou-se, ontem, bicampeã europeia após um jejum de 44 anos. A selecção espanhola venceu a equipa da Alemanha por 1 a 0 na final disputada em Viena, na Áustria e assegurou o seu segundo título na competição entre selecções europeias. Fez-se justiça no Estádio Ernest Happel, de Viena, a melhor selecção do Europeu, tornou-se no novo campeão europeu.
Neste regresso ao topo do futebol europeu, a Espanha foi superior em todos os capítulos do jogo, venceu por 1-0, com um golo de Fernando Torres, mas outros ficaram por marcar. A técnica, o talento e a fúria dos espanhóis superiorizaram-se ao poderio físico dos alemães, sem argumentos para contrariar o futebol espectáculo com que se depararam. O resultado final acaba por não reflectir o caudal ofensivo da selecção espanhola e é lisonjeiro para a selecção alemã.

Estádio: Ernst Happel, em Viena

Árbitro: Marco Rosetti (Itália)

Alemanha: Lehmann; Friedrich, Mertsacker, Metzelder e Lahm (Jansen, 46m); Hitzsperberger (Kuranyi, 58m) e Frings; Schweinsteiger, Ballack e Podolski; Klose (Gomez, 78m).

Espanha: Casillas; Sérgio Ramos, Marchena, Puyol e Capdevila; Senna e Xavi; Iniesta, Fabregas (Xabi Alonso, 63m) e Silva (Santi Carzola, 66m); Fernando Torres (Guiza, 78m).

Disciplina: Cartão amarelo para Ballack (43m), Casillas (43m), Fernando Torres (74m) e Kuranyi (88m).

Marcadores: 0-1, Fernando Torres (33m) .

Ao intervalo: 0-1.

Resultado final: 0-1.
publicado por armando ésse às 07:02
Tags:

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13
14

15
16
17
18
21

22
23
24
26
27
28

29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO