A FÁBRICA

Maio 06 2005

Nos campos de refugiados na fronteira Sudanesa com o Chade, elementos da organização Human Rights Watch deram às crianças cadernos e lápis para os manter ocupados enquanto falavam com os pais. Sem qualquer sugestão ou orientação, as crianças desenharam cenas que retratam as suas experiências dramáticas vividas na guerra no Darfur: Os ataques das milícias "Janjaweed" *, os bombardeamentos pelas forças governamentais, aldeias inteiras queimadas e o voo para o Chade. Para ver o resto das fotografias carregar mais abaixo.
Traumática e impressionante a vivência destas crianças.


*O termo Janjaweed, utilizado para designar estas milícias, é uma amálgama de palavras em árabe que significa algo como “um diabo montado num cavalo com uma arma” . As milícias Janjaweed foram criadas com base em algumas comunidades árabes, existindo com o intuito de exterminar a comunidade negra.
Outras comunidades árabes recusaram entrar em confronto com a comunidades negra ou que não se identificam com a clivagem entre “árabes” e “africanos” em Darfur.

On mission along the border of Chad and Darfur, Human Rights Watch researchers gave children notebooks and crayons to keep them occupied while they spoke with the children’s parents. Without any instruction or guidance, the children drew scenes from their experiences of the war in Darfur: the attacks by the Janjaweed, the bombings by Sudanese government forces, the shootings, the burning of entire villages, and the flight to Chad. More…
publicado por armando ésse às 02:27

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
26



pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO