A FÁBRICA

Agosto 14 2008

Alain Bernard exibe a sua medalha de ouro.
Um dos duelos mais esperados na natação nestes Jogos Olímpicos aconteceu hoje no Centro Aquático Nacional, vulgo "Cubo de Água", pondo, lado a lado, o australiano Eamon Sullivan -recordista mundial- e o francês Alain Bernard.
Numa luta emocionante dentro da piscina, que se tem arrastado desde de Março do corrente ano, estes dois atletas bateram, nos últimos três dias, o recorde mundial da distância por três vezes , fixado por Eamon Sullivan em 47s05, na meia-final na prova-rainha da natação.
César Cielo Filho exibe a sua medalha de bronze.
Hoje a vitória sorriu ao nadador francês Alain Bernard, que conquistou a medalha de ouro, depois de bater por 11 centésimos de segundo o australiano Eamon Sullivan.
Alain Bernard venceu com o tempo de 47,21s, enquanto Eamon Sullivan foi medalha de prata com o tempo de 47,32s, longe dos 47,05s que lhe deram, quinta-feira, o novo máximo mundial.
A bandeira brasileira subiu ao alto no estandarte dos medalhados da natação, através de César Cielo Filho, que garantiu a medalha de bronze, ex.aequo com o nadador norte-americano Jason Lezak , que percorreram a distância em 47,67s.
Os quatro medalhados da esquerda para a direita: Eamon Sullivan, Alain Bernard, César Cielo e Jason Lezak.
Na véspera da final dos 100m livres, César Cielo sonhava com o pódio olímpico; transformado em realidade através de uma performance excepcional, na qual estabeleceu o novo recorde sul-americano da disciplina (47s67).
O holandês Pieter Van den Hoogenband, duplo campeão olímpico e que visava um histórico terceiro título consecutivo, foi quinto classificado, com o tempo de 47,75s.
publicado por armando ésse às 08:37

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11

19
20
21
22

26
27
28
30

31


pesquisar
 
blogs SAPO