A FÁBRICA

Abril 22 2005

As crias de Lince-Ibérico (Lynx pardinus) nascidas em cativeiro a 28 de Março no Parque Nacional de Doñana , em Espanha foram ontem pela primeira vez apresentadas ao público. Brecina, Brezo e Brisa, da esquerda para a direita na fotografia, são duas fêmeas (Brecina e Brisa) e um macho (Brezo).
O Lince-Ibérico é o carnívoro mais ameaçado do planeta, estimando-se que existam apenas doze indivíduos capazes de se reproduzir, entre os quais uma fêmea de idade avançada, no âmbito do programa de criação “ex situ”, no centro de El Acebuche e no zoológico de Jerez. Até ao nascimento das três crias, o Lince-Ibérico era o único felino, das 33 espécies que existem no mundo, que não se tinha conseguido criar em cativeiro.

Características:
Família: Felidae.
Espécie:
Lynx pardinus ou Lynx pardina.
Gestação:
65-72 dias.
Sinonímia:
liberne, cerval, lobo-cerval, gato-cerval, gato-cravo, gato-lince.
Comprimento: 80-100 cm.
Cauda: 12-16cm.
Garrote: 40-55 cm.
Peso: 8-14 kg.
Dentição:
28 dentes.

Cio: Janeiro-Fevereiro.
Parição:
Março-Abril.

Nº de crias: 1 a 4, vulgarmente duas.
Características mais evidentes:
cauda curta, "pincéis" nas orelhas, longas patilhas.
publicado por armando ésse às 07:12

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
15

18

24
25
27
28


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO