A FÁBRICA

Janeiro 07 2005


Apesar do secretário de Estado norte-americano, Colin Powell pretender uma coligação de ajuda liderada pelos EUA, Kofi Annan conseguiu impor a ideia que devem ser as Nações Unidas a coordenar o esforço humanitário internacional.

Foi preciso uma tragédia para que as Nações Unidas podessem recuperar um protagonismo positivo, após subalternização na Guerra do Iraque e dos escândalos pessoais de Kofi Annan e do seu filho.

Agora, queremos ver a ONU dar "a resposta global sem precedentes"...

publicado por armando ésse às 12:16

Os Estados Unidos, desde que George W. Bush entrou para a presidência americana fizeram tudo para manter as Nações Unidas sem poder de resposta. É bom para o mundo que este pretígio seja renovado, para que não haja uma imposição unilateral ao mundo por parte dos EUA.
Vamos aguardar o desempenho da ONU nesta missão.
Anónimo a 7 de Janeiro de 2005 às 18:54

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Janeiro 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

16
17
18
22

23

30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO